Chororô

Escuta,
O mar faz barulho aqui dentro,
no meu quarto !
Grandes ondas ,
batem fortes nas pedras por aqui.
Todos os dias enchentes,
meus olhos oceanos.
Você se mudou de mim, assim...
sem dizer nada... saiu
no meio da sua festa.
Nem ficou pro bolo,
pro “parabéns”,
pros docinhos que fiz com tanto esmero!
Você disse: eu amo casadinhos, eu quero tanto comê-los!
Eu repliquei : amor, melhor cajuzinho! Casadinhos são dois brigadeiros , dá trabalho fazê-los !
Pois é... e ... você ... não esperou para vê-los...
Fiquei sem entender...
nem um bilhete,
não disse adeus...
nem um abraço ...
Agora me diz, sugere... vai...
O que é que eu faço?
Olha, tem madrugadas que fico no meio da rua,
nua e salgada, sem poder entrar na minha própria casa.
Me devolve , vai...
pelo menos o controle...
da minha garagem.







2 comentários:

Cris Chevriet disse...

essa vida não é fácil mas é boa, faz outro controle prá garagem, logo!gostei, gostei, vou me lembrar disso!

Tulio disse...

tem louco pra tudo. até pra não ficar até o fim da festa da vytória.